Unidas por um corpo feliz...

16:18

Aceitar o nosso corpo é das coisas mais difíceis para alguns de nós, principalmente para as mulheres. O post de hoje é uma colaboração com outras bloggers e consiste em falarmos sobre a forma como nos vemos a nós próprias, como lidamos com os nossos "defeitos" e complexos, falarmos sobre como temos aprendido a lidar com as críticas da sociedade e com as nossas próprias críticas.

Durante vários anos, foi bastante difícil para mim aceitar-me e lidar com o meu próprio corpo devido ao facto de sempre ter sido gozada por ser mais magra que o "normal".
As pessoas conseguem ser bastante cruéis umas com as outras e, quando querem deitar alguém abaixo mas não têm motivos, atacam-nos através do nosso aspeto físico, que é um dos nossos pontos mais fracos. Pelo menos, no meu caso, era assim.
Se és diferente do modelo perfeito que a sociedade tem vindo a criar ao longo do tempo, és criticada. Se és gorda é porque não fazes exercício. Se és magra é porque passas fome. Ridículo, não é? A sociedade é mesmo assim, ridícula.

Sempre fui muito magrinha mas eu adoro comer e até como bastante bem. Não sou magra porque quero, faz parte da minha genética. Inclusive, a minha mãe e a minha irmã também sempre foram magras. Mas, ao longo de muitos anos, fui alvo de críticas. Dizerem-me "come para a frente" ou "daqui por um bocado desapareces" não ajuda. Muito pelo contrário, isso magoa. E embora tenha ultrapassado esta fase menos boa da minha vida, ouvir constantemente essas coisas ainda magoa.

Como consequência de todas estas críticas, eu própria comecei a não gostar do meu corpo. Não me sentia bonita, não gostava de ver os meus ossos, não gostava de usar calções nem de vestir uma saia. Não imaginam o quanto me custava vestir um biquíni no verão e ir para a praia. Sentia que estava sempre alguém a olhar para mim e a falar do meu corpo. E às vezes nem era preciso falarem, bastava um olhar e eu conseguia perceber que aquilo era para mim.

Então, conseguir aceitar o meu corpo foi uma luta bastante dura e demorada. Conseguir olhar para o espelho e não odiar-me custou. Hoje não tenho tantos complexos como tinha dantes, mas ainda me custa usar certas peças porque sei que vai haver sempre alguém que me vai dizer "não comas que não é preciso" ou vai lançar aquele olhar (nada discreto) como "estás tão magrinha".
Se eu como bem, se já fui ao médico e ele diz-me que está tudo bem, quem são vocês para darem palpites? Lá por ser magra não quer dizer que esteja doente. Sou magra porque sim e ponto.

Sei que muitos de vocês se sentem mal e inseguros em relação ao vosso corpo e o maior conselho que vos posso dar é: ignorem os outros. É difícil, eu sei, mas tentem ignorar. Tentem conversar com alguém sobre o que sentem. Um dos meus maiores erros foi guardar tudo para mim. Conversem, gritem, chorem, libertem a raiva que têm dentro de vocês e depois, sim, ergam a cabeça e amem-se tal como são. Melhor que alguém gostar de nós, é gostarmos de nós próprios.
Amem todas as vossas cicatrizes, estrias. marcas, sinais... Ninguém é perfeito. Cada um é diferente e especial à sua maneira. E não deixem que este ou aquele vos deitem abaixo. Quando isso acontecer, sorriam.

Confesso que foi bastante complicado escrever e fotografar para este post. Sinto que já ultrapassei esta fase da minha vida mas custa-me sempre falar sobre isto. Foi uma fase horrível, que deixou várias sequelas psicológicas. Mas o mais importante é que hoje aceito-me tal como sou e gosto de mim mais do que qualquer outra pessoa, com todos os meus defeitos e qualidades. Não vou ser hipócrita ao dizer-vos que acho que tenho um corpo de sonho, mas aprendi a lidar com ele e acho que isso é o mais importante. 
Espero que tenham gostado deste post. É um tema bastante diferente do habitual, mas acho que é importante falarmos sobre ele. Por isso, queria agradecer à Catarina André do blog I Love Spring Time, por ter tomado esta iniciativa e por me ter convidado para participar nesta pequena colaboração.

Se quiserem também podem participar nesta colaboração, basta entrarem em contacto connosco. Não se esqueçam de visitar os blogs das outras meninas envolvidas neste projeto. Estamos também no instagram com a hashtag #unidasporumcorpofeliz.

(este post vai ser atualizado constantemente para ir adicionando os links posts de todas as outras bloggers participantes à medida que forem feitos)


Pinkie LoveMessy Hair, Don't Care Lovable Maria • I Love Spring Time • Insomniac Owl • 


A hearty thank you ♥


You Might Also Like

23 Comments

  1. Uau Bruna! Eu realmente emocionei-me com as tuas palavras e, deixa-me dizer-te que és uma pessoa forte e linda! E quero que saibas que nunca olhei para ti dessa forma (talvez porque tenho alguém próximo de mim que também tem essa fisionomia), na verdade, eu achei-te mesmo bonita e simpática, é isso que sobressai em ti :)

    MORNING DREAMS

    Sofia Silva, Beijos*

    ResponderEliminar
  2. Adorei o post , tambem nem sempre gostei do meu corpo houve alturas em que o odiei queria fazer uma cirurgia para isto e para aquilo , hoje em dia já aceito o meu corpo como é não é perfeito mas aprendi a gostar dele !
    Beijinhos,

    elegantetpuissant.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Olá Bruna :)
    Confesso que não estava à espera de um post tão forte, mas realmente é o que isso é. Confesso que não sei bem pelo que passaste, mas ao mesmo tempo tenho uma ideia.
    Não deixes que as pessoas voltem a deitar-te baixo só porque és magrinha. Se as pessoas forem minimamente decentes vão perceber que não devem dizer nada negativo sobre o teu aspeto físico.

    Estou contente por teres aderido e estou ainda mais contente por hoje gostares de ti própria tal como és.

    Beijinhos e obrigada do fundo do coração ♥,
    Catarina A.
    http://heartlover16.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  4. És linda babe! Adorei as fotos ;) Não ligues ao comentários ;p o meu pai também é assim, como com e nada ;) eu já não posso comer baah lol
    Kiss

    http://inspirationswithm.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Adorei a iniciativa. As fotos estão incríveis, o teu corpo é lindo e nunca deixes que te convencem do contrário!
    Beijinhos!
    The True Vegan Life

    ResponderEliminar
  6. Muito legal o que você escreveu, confesso que já tive essas noias de querer ficar no padrão, mas hoje, já me sinto feliz.

    http://alinesecretplace.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  7. Minha linda, como já te disse, achei o teu post muito tocante. Principalmente porque passei pelo mesmo que tu e acredita que sei o quão duras as pessoas conseguem ser apenas por não ser uma fisionomia comum... Sê forte e olha em frente! És linda! <3
    xoxo, Ana

    The Insomniac Owl Blog
    Banggood International Giveaway

    ResponderEliminar
  8. Além de estar um texto lindo, as fotografias estão perfeitas !
    Tu és linda, o que os outros dizem não interessa, nadinha !
    xoxo,

    atwednesdaysiwearpink.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. é óptimo que consigas falar sobre isto. Desabafas e só te faz bem. O mais importante é sentirmo-nos bem com quem somos e, caso não gostemos do nosso corpo, que tenhamos motivação para o mudar! adorei as palavras :)

    Isa,
    http://isamirtilo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. fiquei muito feliz em ver a tua experiência e em saber que conseguiste lidar com isso da melhor forma, parabéns :D

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
  11. As fotografias estão top e o texto igualmente!
    Todos nós temos partes que gostamos mais e outras que gostamos menos no nosso corpo, mas temos de não ligar aos comentários dos outros e saber lidar com as nossas formas todas (independentemente de quais forem).
    Eu não reparei no facto de seres magra quando estive contigo, reparei no facto de seres morena e teres umas pestanas fantásticas (também quero)!! *-*

    http://glamourandsparkletrends.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. Adorei este post, está tão bonito e...real! Parabéns, gostei mesmo! x

    ResponderEliminar
  13. bruna, que post lindo, que fotos lindas e você é tão fotogênica. Auto estima é palavra chave e imagino como os comentários de todos devem ter te magoado.
    Ainda bem que com o tempo, começamos a não dar bola, aos comentários de todos e começamos a pensar mais em nosso bem estar. A sociedade é mesmo uma bosta!! Tem seus conceitos e pre-conceitos que devemos seguir à risca.
    Estou amando estes depoimentos e estou visitando os outro blogues participantes. parabéns por essa linda iniciativa.

    Bjokas e bom final de semana,
    http://www.dmulheres.com.br

    ResponderEliminar
  14. O "drama" de ser magra, como eu te percebo bem. Também sou mais magra do que "o normal" e durante muito tempo senti-me mal com isso. Desde os comentários maldosos às pessoas que deduzem que estamos doentes só porque somos magras. Acho que há pessoas que nem tem noção do quanto magoam.
    Felizmente aprendi a lidar com isso e hoje já não me importo tanto de ser magra. O que importa é aceitarmo-nos :)

    Pensei que já te estava a seguir, mas pelos vistos ainda não estava. Agora já estou :D
    Beijinho
    Daniela
    Blog | Facebook | Instagram | Snapchat: cidadedopecado

    ResponderEliminar
  15. Infelizmente muita gente ainda segue os padrões da sociedade.
    Obrigada pelas lindas palavras Bruna ♥

    ResponderEliminar
  16. Olá Bruna! Minha linda! <3
    Ler o teu post foi emocionante para mim, não só porque senti e me identifiquei com cada palavra, mas também porque, tal como a grande maioria das pessoas que são criticadas, não tens porque te sentir mal. Mas as palavras ferem, eu sei...Também sei que nos "conhecemos" há pouco tempo, mas é claro para mim que te estás a tornar uma mulher linda por dentro e por fora.
    Um beijinho enorme e obrigada por me teres convidado a participar nesta iniciativa, na qual faço questão de colaborar.

    Um beijinho enorme
    P.S.: Não me que esqueci que te devo uma resposta por email. :)

    ResponderEliminar
  17. Olá Bruna! Minha linda! <3
    Ler o teu post foi emocionante para mim, não só porque senti e me identifiquei com cada palavra, mas também porque, tal como a grande maioria das pessoas que são criticadas, não tens porque te sentir mal. Mas as palavras ferem, eu sei...Também sei que nos "conhecemos" há pouco tempo, mas é claro para mim que te estás a tornar uma mulher linda por dentro e por fora.
    Um beijinho enorme e obrigada por me teres convidado a participar nesta iniciativa, na qual faço questão de colaborar.

    Um beijinho enorme
    P.S.: Não me que esqueci que te devo uma resposta por email. :)

    ResponderEliminar
  18. Lindas as suas palavras e a mensagem desta iniciativa.
    Obrigada pela sua histórias <3

    ~ Carla'C
    Coisinhas da Carla'C

    ResponderEliminar
  19. adorei o teu post, na verdade, também fiz um sobre a auto estima mas como não sabia a regras está meio diferente...
    mas mesmo as minhas neuras sendo diferentes das tuas, são neuras e sei como custa...
    com muita força de espírito aprenderemos a amar-nos com os nossos defeitos, e virtudes pois tudo é relativo e está na forma de quem vê, pois muitas vezes o que achamos defeito outros acham virtude (comer sem engordar, o sonho de milhões) mas tenho uma amiga magra e sei o que custa estar desse lado...
    muita força e beijos gordos

    ResponderEliminar
  20. Olá!
    Adorei o teu post e a tua sinceridade. Identifiquei me e muito com as tuas palavras pois também sou assim magrinha. Sei bem o que isso é, também ouvi os mesmos comentários, e ainda oiço aliás, os piores são mesmo vindos da família por incrível que pareça! Ainda me afecta um bocado os olhares, mas já não dou a importância que dava antigamente. Já não fico a matutar no assunto por dias! As pessoas fazem a sociedade ser mesmo assim, preconceituosa. Temos de ser superiores e ser felizes! Parabéns também pela iniciativa, tenho visto por alguns blog's. Beijinhos =)
    The Girl In Jeans * Facebook * Instagram * Google+

    ResponderEliminar
  21. As palavras conjugam na perfeição com a beleza das fotos. Parabéns pela iniciativa e pela abordagem do tema!

    ResponderEliminar
  22. Gostei tanto, mas tanto!! És sem dúvida uma mulherzinha muito forte, nunca duvides disso!
    Beijinho grande!

    http://ruteritamaia.blogspot.com/

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário! A vossa opinião é sempre importante e muito bem-vinda. Responderei a todos os comentários aqui e/ou nos vossos blogs, por isso, deixem sempre o vosso link. Voltem sempre! ♥